Pesquisar nesta área

O Museu Geológico e o Exterior

 

Uma das dificuldades que se põe à organização deste Museu, é a diferença de conhecimento que se verifica entre os visitantes, pois os temas aqui expostos nem sempre fizeram parte da sua preparação escolar.

Assim, há que ter em conta os seguintes grupos de visitantes:

  • Os que não possuem quaisquer conhecimentos sobre a matéria, mas que têm interesse em ver coisas novas.
  • Os alunos dos diversos graus de ensino (básico, secundário, complementar e universitário) que procuram os exemplares e informações relativas à matéria dada.
  • Os amadores coleccionadores de fósseis, minerais e de materiais arqueológicos que, geralmente, possuem bons conhecimentos sobre esses temas.
  • Os geólogos e arqueólogos que normalmente gostam de conhecer os museus da sua especialidade.
  • Os cientistas que são especialistas em certas matérias com representação nas vitrinas.

Para todos há, então, que encontrar e expor exemplares para que qualquer daqueles visitantes possa apreciar pelas suas formas, dimensões, qualidade de preservação, diversidade e importância científica e sintam que a visita mereceu a pena.

Embora a Geologia seja matéria pouco conhecida no nosso país, pode afirmar-se que a grande maioria dos visitantes sai daqui agradavelmente surpreendida pela qualidade, diversidade e beleza dos exemplares expostos, bem como pela estética das Salas e  dos seus expositores. Nas diversas conversas tidas com todos os tipos de visitantes, nacionais e estrangeiros, há unanimidade na admiração pela vastidão e qualidade dos exemplares expostos, pois não tinham a noção da riqueza do nosso património paleontológico, mineralógico e arqueológico.