IEA-SHC-logo

81th ExCo Meeting of IEA Solar Heating and Cooling Programme
7 a 10 de junho de 2017, Londres, UK

Portugal é membro deste programa desde 25 de outubro de 2000, sendo o LNEG o representante nacional na Comissão Executiva do Programa.

O Programa SHC (Programa "Aquecimento e Arrefecimento Solar") (www.iea-shc.org) foi estabelecido em 1977. O trabalho deste programa de investigação colaborativa é desenvolvido pelos peritos dos países membros e pela União Europeia. Portugal é membro deste programa desde 25 de outubro de 2000, sendo o LNEG o representante nacional na Comissão Executiva do Programa. A Comissão Executiva do programa reúne semestralmente com o objetivo de tomar decisões sobre os projetos de investigação (Tasks) a desenvolver, aprovando a sua criação e avaliando o trabalho em cada projeto (Task).

Na 81ª Reunião da Comissão Executiva do Programa "Aquecimento e Arrefecimento Solar" da Agência Internacional de Energia (AIE) o LNEG esteve presente, tendo a reunião tido a participação, para além de Portugal, de representantes nacionais de Austrália, Áustria, Alemanha, África do Sul, , Dinamarca, Eslováquia, França, Holanda, Itália, Noruega, Qatar, Suécia, Suíça, Turquia e dois representantes da EU. Encontrava-se também representada a ISES - International Solar Energy Society. Esteve também uma representante do secretariado da AIE. Participaram ainda na reunião os Operating Agents (Coordenadores) das Tasks (projetos) em curso e também os responsáveis por apresentação de novas Tasks, futuros OAs das mesmas.

No Quadro abaixo apresenta-se um resumo do estado das Tasks em curso com referência à forma de aceder à informação disponibilizada por cada uma e de relevância para os especialistas em cada uma das áreas de trabalho.

Para qualquer informação mais detalhada sobre estas atividades podem ser contactados o representante nacional, João Farinha Mendes (farinha.mendes@lneg.pt) ou Maria João Carvalho (mjoao.carvalho@lneg.pt). 
 

Quadro 1 – Tasks em curso (ver http://www.iea-shc.org/)

Incluindo descrição sucinta (Baseada na informação contida nas páginas de cada Task)

 


 

Nome

Coordenador (OA – Operating Agent)

Início
Fim

Link

 

 

Task 46

Solar Resource Assessment and Forecasting

David S. Renné, Clean Power Researc, USA

Jun 2011
Jun 2016

http://task46.iea-shc.org/

 

Esta Task abordou quatro objetivos básicos para melhorar a compreensão do recurso solar:

  1. Avaliar a variabilidade do recurso solar que se tem  apresentado como uma limitação a uma larga penetração das tecnologias de conversão de energia solar;
  2. Definição de procedimentos normalizados para avaliação de possibilidade de financiamento de projectos de instalação de sistemas solares;
  3. Desenvolvimento de métodos de previsão do recurso solar a curto prazo;
  4. Desenvolvimento de métodos avançados de modelação do recurso solar com base em princípios físicos.

Prevê-se a continuação dos trabalhos desta Task no âmbito do programa PVPS – Photovoltaic Power Systems.

 


 

Task 51

Solar Energy and Urban Planning

Maria Walls, Lund University, Suécia

Mai 2013
Abr 2017

http://task51.iea-shc.org/

 

O ambiente construído representa mais de 40% do consumo total de energia primária no mundo e 24% das emissões de gases de efeito estufa. Esta Task visa o aumento de utilização da energia solar no tecido urbano estudando o planeamento adequado destas áreas para maximizar o aproveitamento passivo da energia solar para aquecimento e iluminação, mas também através da integração de sistemas ativos de energia solar no contexto urbano para produção de calor e eletricidade, mas também para sistemas de arrefecimento.

 


 

Task 52

Solar Heat & Energy Economics

Sebastian Herkel, Fraunhofer ISE, Germany

Jan 2014
Dez 2017

http://task52.iea-shc.org/

 

Esta Task centra-se na análise do papel futuro da energia solar térmica nos sistemas de abastecimento de energia em ambientes urbanos. Com base numa análise económica da energia - refletindo mudanças futuras em todo o sistema de energia - são desenvolvidas estratégias e soluções  técnicas, bem como ferramentas associadas. São desenvolvidos documentados com bons exemplos de integração de sistemas solares térmicos em sistemas de energia urbana.

 


 

Task 53

New Generation Solar Cooling and Heating Systems

Daniel Mugnier, Tecsol, França

Mar 2014
Jun 2017

http://task53.iea-shc.org/

 

O objetivo principal desta Task é auxiliar no desenvolvimento de um mercado forte e sustentável da energia solar ou de novos sistemas de aquecimento inovadores. Está focado em sistemas de energia solar tanto para arrefecimento (manutenção de condições de conforto e também para conservação de alimentos) e aquecimento (aquecimento de água sanitária a ambiente).

A Task considera as tecnologias para a produção de água fria / quente ou de ar condicionado com sistemass de conversão térmica ou elétrica da energia solar (colectores  térmicos e módulos PV).

 


 

Task 54

Price Reduction of Solar Thermal Systems

Michael Köhl, Fraunhofer ISE, Germany

Out 2015
Out 2018

http://task54.iea-shc.org/

 

Esta Task visa a redução do custo final de sistemas solares térmicos instalados, avaliando e desenvolvendo meios sustentáveis para reduzir os custos de produção e/ou instalação dos materiais, dos subcomponentes e componentes do sistema e do próprio sistema. É dada especial ênfase à identificação e redução dos custos pós-produção, por exemplo, os custos de distribuição.

Uma extensa pesquisa de mercado e a definição de sistemas de referência, análises de custos e o estudo das condições de fronteira socio-política para os custos dos sistemas solar térmicos em regiões selecionadas fornecerão a base para a avaliação das estruturas de custos e o potencial de redução de custos. Além disso, serão exploradas formas de tornar a energia solar mais atraente por marketing melhorado e design orientado para o consumidor.

 


 

Task 55

Towards the integration of large SHC system into DHC networks

Sabine Putz, SOLID, Áustria

Set 2016
Ago 2020

http://task55.iea-shc.org/

 

Task tem por objetivo o desenvolvimento de requisitos técnicos e económicos para integração no mercado de sistemas solares de aquecimento e arrefecimento urbano (District Heating and Cooling), num conjunto alargado de países. Pretende-se aumentar o conhecimento das tecnologias, do Mercado e das condições fronteira, fornecendo saber fazer de peritos para o desenvolvimento de projetos, formação e atividades de disseminação.

 


 

Task 56

Building Integrated Solar Envelope Systems for HVAC and Lighting

Roberto Fedrizzi, EURAC, Itália

Fev 2016,
4 anos

http://task56.iea-shc.org/

 

Task tem por objetivo, a análise crítica, simulação e ensaios em Laboratório e in situ de sistemas integrados em fachadas de edifícios que usam ou controlam a radiação solar incidente, podendo ter as seguintes utilizações:

- Fornecer energia renovável térmica e/ou elétrica para sistemas de aquecimento, arrefecimento e ventilação em edifícios

- Reduzir as necessidades de aquecimento e arrefecimento dos edifícios por controlo da iluminação natural do edifício.

 


 

Task 57

International Standards & Global Certification

Jan Erik Nielsen

Jan 2016,
3 anos

http://task57.iea-shc.org/

 

Task dará continuidade ao trabalho desenvolvido no âmbito da Task 43, desenvolvendo mehores normas de ensaio e dando apoio à implementação de sistemas de certificação. Dará também suporte à implemetação da rede criada a nível mundial – GSC Network -  Certificação a nível global.

 


 

Task 58

Thermal Energy Storage

Wim van Helden, AEE-INTEC

Jan 2017
Dez 2019

http://task58.iea-shc.org/

 

A Task 58 é desenvolviada conjuntamente com o programa ECES - Energy Conservation through Energy Storage (Anexo 33).

Esta Task estuda materiais avançados para armazenamento de energia térmica latente e química, materiais de Mudança de Fase (PCM) e Thermo Químicos (TCM). A Task trata desses materiais em três escalas diferentes:

  • Propriedades do material, focadas no seu comportamento da escala molecular a uma esclala agregada, incluindo síntese de materiais, transporte de massa em micro escala e reações de sorção;
  • Desempenho do material dentro do sistema de armazenamento, focando-se no comportamento dos materiais de per si e quando são utilizados no armazenamento, incluindo transporte de calor, massa e vapor, interações parede-parede e material- parede e design do reator;
  • Implementação do sistema de armazenamento, focando-se no desempenho do armazenamento num sistema de aquecimento ou arrefecimento, incluindo, por exemplo, estudos de viabilidade económica , estudos de caso e ensaios do sistemas.

 


 

Task 59

Deep Renovation of Historic and Listed Buildings. Towards Lowest Possible Energy Demand and CO2 Emissions

Alexandra Troi, EUREC

Out 2017
Set 2021

---

 

Os edifícios históricos constituem uma parte considerável dos edifícios existentes (um quarto para a Europa). Nos últimos 10 anos, tem-se observado uma mudança de paradigma reduzindo algumas limitações à renovação desses edifícios. O desempenho energético destes edifícios podem ser melhorado com as soluções adequadas ao tipo de edifício em estudo, havendo mesmo a possibilidade de usar energia solar em edifícios históricos . Exemplos já existentes mostram a possiblidade de redução dos consumos de energia até 75%.

Os objetivos da Task são:

  • Desenvolver uma base sólida de conhecimento sobre como poupar energia na renovação de edifícios históricos e protegidos.
  • Identificar o potencial de poupança de energia para edifícios protegidos e históricos de acordo com as tipologias de construção estudadas (residenciais, administrativas, culturais ...).
  • Identificar e avaliar procedimentos replicáveis sobre como os especialistas podem trabalhar em conjunto num projeto integrado para manter o valor patrimonial do edifício e, ao mesmo tempo, torná-lo eficiente em termos de energéticos.
  • Identificar e desenvolver ferramentas que suportam estes procedimentos.
  • Identificar e avaliar soluções de adaptação compatíveis com a conservação.
  • Identificar especificamente o potencial de uso de energia solar (passiva e ativa, aquecimento, refrigeração e eletricidade) e promover soluções de melhores práticas.
  • Transferir conhecimento

 


 

Para obtenção de mais informação sobre a Task podem ser contactados o representante nacional João Farinha Mendes ou Maria João Carvalho

 

 

Pesquisar nesta área