883
PT EN LOGIN LOGIN

Deteção Remota


Deteção Remota

A observação da Terra é usada para incrementar o conhecimento na investigação aplicada das geociências nas competências intitucionais.

Os dados e técnicas de deteção remota, dadas as potencialidades sinópticas de captura de informação e de caracterização quantitativa, aplicam-se a temas diversos: 

Georrecursos

  • cartografia geológica e mineralógica
  • caracterização de áreas mineiras ao longo do ciclo de vida de minas
  • energia geotérmica

Perigosidade geológica

  • vulcanologia
  • movimentos de massa
  • variações costeiras

Ambiente

  • cartas de ocupação de solo e geoambientais
  • análise multitemporal para deteção de variações e monitorização de parâmetros relevantes (e.g. pH associado a drenagem ácida)

Os dados capturados em plataformas aerotransportadas ou de satélite, de variável resolução espetral e espacial, são dominantemente imagens ópticas, multiespetrais e hiperespetrais, mas também de sensores ativos. O desenvolvimento de metodologias multi-fonte de processamento incluem dados auxiliares de terreno, geoquímica, geofísica e geologia, entre outros.

Exemplos de dados e produtos utilizados:

  • Landsat, ASTER, Sentinels (Copernicus), QuickBirdTM
  • SPECIM Eagle Hawk, HyMapTM, Hyperion

O LNEG é membro e colabora com redes de investigação de deteção remota:

  • Colaboratório para as Geociências (C4G) (WP8)
  • Copernicus Academy
  • Earth Observation and Geohazards Expert Group (EOGEG)
  • Group on Earth Observations (GEO)

Unidades de Investigação

array(3) { ["responsible_name"]=> string(14) "Lídia Quental" ["responsible_email"]=> string(21) "lidia.quental@lneg.pt" ["responsible_photograph"]=> bool(false) } int(883) string(16) "Deteção Remota" bool(false) bool(false) string(4) "page"
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com