Ir para conteúdo
PT LOGIN LOGIN
participacao-no-encontro-do-joint-programme-on-geothermal-energy-da-eera-apos-2-anos-sem-reunioes-presenciais

Participação no encontro do Joint Programme on Geothermal Energy da EERA, após 2 anos sem reuniões presenciais


Participação no encontro do Joint Programme on Geothermal Energy da EERA, após 2 anos sem reuniões presenciais
alarmData de Publicação: 29 Dezembro, 2022Categoria: Investigação , Notícias Internacionais


27 a 30  set de 2022, em  Larderello e Ilha de Elba (Itália).

O Joint Program on Geothermal Energy (JPGE) da EERA (European Energy Research Alliance), discute e define as prioridades para financiamentos futuros no âmbito das atividades de investigação em geotermia de acordo com as estratégias europeias neste domínio, em particular as definidas no Plano Estratégico Europeu para as Tecnologias Energéticas (SET PLAN). O LNEG é membro desde 2012 e a sua participação reflete-se com maior enfase no SP1 – Assessment of Geothermal Resources, mas também nos SP2 – Exploration of Geothermal Reservoirs, SP5 – Energy Conversion Systems e SP7 – Sustainability, Environment and Regulatory Framework. A pandemia gerada pelo COVID levou a um interregno nos encontros presenciais, no caso do LNEG agravado pela não autorização de participação nas reuniões de 2019 e em fevereiro de 2020. Assim, para retomar o contacto presencial entre os membros participantes, os coordenadores do JPGE organizaram um encontro alargado em Itália.

Este encontro alargado decorreu de 27 a 30 de setembro de 2022 em Larderello e na Ilha de Elba, e estiveram presentes as duas representantes do LNEG no JPGE, Rita Caldeira e Elsa Ramalho. O principal objetivo científico foi proporcionar a observação de sistemas geotérmicos ativos e de sistemas geotérmicos fósseis, restabelecendo ao mesmo tempo os contactos que foram restringidos durante mais de 2 anos pela pandemia de Covid-19.

O primeiro dia do encontro incluiu uma visita ao museu de geotermia da ENEL (Entidade Nacional de Eletricidade de Itália) em Larderello; no dia 28 foram visitadas manifestações geotérmicas naturais em Monterotondo Maríttimo e observação de manifestações geotérmicas em sistemas ativos (Foto 1), nomeadamente a relação entre as fraturas e a emissão de fluidos. Almoço numa quinta cujo funcionamento é assegurado por energia geotérmica, seguindo-se a viagem para a ilha de Elba (ferry boat) – Rio Marina.

Encontro JPGE-EERA set 2022

Foto 1 – Observação de manifestações geotérmicas em sistemas ativos em Monterotondo Maríttimo, Larderello, Toscania, Itália.

Visita ao museu mineiro e apresentação duma panorâmica da geologia da ilha de Elba, incluindo o novo mapa geológico do Este de Elba, e das visitas de campo para o dia seguinte. O dia 29 foi dedicado à observação de vários sistemas geotérmicos fósseis e alguns aspetos de geologia bastante espetaculares na ilha de Elba. Na praia Barbarossa foi observada a relação entre as estruturas e a circulação de fluidos em níveis profundos; e na praia Topinetti foi explicada a relação entre as estruturas e a circulação de fluidos em níveis estruturais superficiais. Em Rio Marina foi observado um mega-hedenbergito e skarn (Foto 2) (rocha metamórfica transformada química e fisicamente devido a temperaturas e pressões elevadas e à circulação de fluidos (metassomatose) em zonas profundas da crosta terrestre.

Foto 2 - Observação de um mega-hedenbergito e skarn em Rio Marina, Ilha de Elba, Itália

Foto 2 – Observação de um mega-hedenbergito e skarn em Rio Marina, Ilha de Elba, Itália.