2562
PT LOGIN LOGIN
Tomo 27 (1985)

Tomo 27 (1985)


Tomo 27 (1985)Categoria: Publicações, Estudos, Notas e Trabalhos, 1980 a 1989

15.90

O preço inclui IVA à taxa legal em vigor.

Descrição

Artigos

1. Calcários e Dolomitos do Maciço Calcário Estremenho
Giuseppe Manuppella ; José C. Balacó Moreira ; J. R. Graça e Costa ; J. A. Crispim (46 páginas)

resumo: Este estudo, que conduziu a um conhecimento bastante detalhado desta vasta área, da ordem dos 900 Km2, é o culminar de cerca de uma dezena de anos de estudo. Partindo de uma base cronológica já existente, foram evidenciadas as diferentes formações litológicas aflorantes, que são descritas em pormenor. Referem-se ainda os aspectos geomorfológicos da região e os efeitos das acções tectónicas sobre as formações.A primeira fase do estudo, consistiu na amostragem de superfície de toda a área, segundo cortes geolitológicos orientados, cuja análise química permitiu a definição das características da matéria prima. Para o conhecimento do comportamento e de eventuais variações das formações, em profundidade, foi elaborado um projecto de sondagens mecânicas, por rotação, segundo quatro perfis, implantados em função do interesse económoco das formações, determinado pela caracterização anterior. Sobre os testemunhos obtidos, foram realizados estudos visando o conhecimento da série litológica e a correspondente petrografia, o estudo micrográfico, conducente ao estabelecimento das correlações das diferentes sondagens, a análise química, por estudo comparativo com os dados de superfície e, finalmente, a avaliação de reservas.

A síntese dos resultados obtidos, permitiu a definição do grau de aplicabilidade dos calcários e dolomitos em apreço. A escolha das zonas mais adequadas para darem resposta às especificações de cada um dos tipos de indústrias consumidoras, pode, facilmente ser obtida, por simples sobreposição dos transparentes das cartas litoquímicas (em anexo) à carta geolitológica. Não descurando a importância económica desta área, faz-se ainda referência à evolução da indústria extractiva, no período de 1977 a 1982, em particular no que se refere ao número de explorações em actividade, das diversas substâncias, aos volumes extraídos e aos valores correspondentes. De igual modo se dá conta da evolução da indústria transformadora, aludindo aos produtos comercializados e à respectiva valorização, no mesmo período. Embora fazendo parte integrante desta área, foi excluída desta nota a Serra dos Candeeiros, uma vez que o seu estudo teve lugar separadamente, em duas fases, trabalhos esses já publicados.

2. Cinética da Fragmentação. Método Global de Determinação de Parâmetros
Mário R. Machado Leite (6 páginas)

resumo: Na primeira parte do trabalho abordam-se questões metodológicas relativas à modelagem de processos industriais de fragmentação, que apontam para a necessidade dum suporte científico de interpretação global da fenomenologia da fragmentação, como meio de estabelecimento de critérios objectivos de validação de resultados.Com base numa Teoria Geral da Fragmentação, apresenta-se um modelo cinético de simulação, para cuja implementação se desenvolve um critério de condensação de parâmetros cinéticos, derivável da descrição de fenómenos físicos identificáveis no processo tecnológico e a descrever no modelo.

Finalmente, sobre a aplicação a casos concretos, apresenta-se um método global de determinação de parâmetros que dispensa o recurso às técnicas tradicionais de marcação radioactiva e que contempla a moagem de lotes granulométricas extensos durante intervalos de tempo longos, condição fundamental para a investigação de fenómenos não lineares.

3. Contribuição para o Conhecimento das Características das Argilas do Algarve
Giuseppe Manuppella ; José C. Balacó Moreira ; José M. Conceição Grade ; A. Casal Moura (18 páginas)

resumo: No âmbito de uma acção, que se prevê venha a ter um carácter mais vasto, os autores elaboraram um primeiro estudo da caracterização das argilas comuns do Algarve, ainda não realizada até ao presente, visando a avaliação do respectivo grau de utilização.O trabalho, iniciou-se por um estudo sistemático das frentes de exploração de todos os barreiros em actividade ou mesmo abandonados, cuja litologia é descrita em pormenor.

Paralelamente, procedeu-se à colheita de amostras das diferentes camadas argilosas. As amostras, foram tratadas no laboratório, no que se refere aos aspectos mineralógicos, químico e tecnológico.

Este estudo, conduziu ao estabelecimento do tipo de utilização, mais adequado, de cada uma das argilas estudadas, permitindo o seu aproveitamento mais correcto.

4. Controle Físico-químico das Águas. Contributo para uma Metodologia
Maria José do Canto Machado (4 páginas)
resumo: Definição dos tipos de análise química para as águas minerais naturais. Discussão de problemas analíticos devidos à presença de certos iões interferentes e ao envelhecimento das amostras. Abordagem de possíveis critérios de estabilidade da composição química de uma água.
5. Nota Preliminar Sobre a Paragénese dos Sulfossais de Bi-Pb-Ag do Jazigo de Tungsténio de Vale das Gatas (Norte de Portugal)
Orlando da Cruz Gaspar ; J. F. W. Bowles (6 páginas)

resumo: Cerca de 400 toneladas de sulfuretos, resultantes da concentração de volframite e cassiterite das minas de Vale das Gatas, contém 1200-1500 g/t de prata. O seu eventual económico levou a que se estudassem não só os sulfuretos dos rejeitos mas também amostras dos filões de Rebolas e Vinhais, com o fim de se identificarem os portadores da Ag.Estudos de microscopia de minérios e microanalíticos pela microssonda electrónica permitiram identificar matildite, AgBiS2, pavonite (Ag,Cu) (Bi,Pb)3 S5, neyite Pb7 (CuAg)2 Bi6 S17, argyrodite, Ag8GeS6, proutite, Ag3AsS3, acanthite Ag2S, pearceite Ag16As2S11, tetraedrite, (Cu,Fe)12 Sb4S13 e galena, como os principais portadores de Ag. As paragéneses e texturas das fases agora identificadas servirão de base a estudos mais detalhados, a desenvolver futuramente.

6. Os Sedimentos da Coluna Cretácica de Aveiro-Vagos. Análise da Evolução Granulométrica, Mineralógica e Química Aplicada às Argilas para Fins Cerâmicos
Bernardo Pereira Barbosa (6 páginas)

resumo: Apresentam-se o enquadramento geológico e estrutural das argilas de Aveiro-Vagos, e a evolução granulométrica, mineralógica e química das unidades que compõem a coluna cretácica daquelas regiões.Com base na análise comparada das evoluções daqueles factores e tendo em conta, a forma, estrutura e atitude da unidade argilosa – Argilas de Aveiro – Vagos – sugere-se novo método para extracção da argila e justifica-se nova orientação para a localização dos barreiros que obriga à definição de zonamentos mineiros compatíveis com o planeamento urbanístico das áreas autárquicas interessadas.

7. Panorâmica Sobre a Valorização de Jazigos de Sulfuretos Maciços Polimetálicos
Victor Gonzalez (22 páginas)

resumo: Com base na experiência mineralúrgica do Laboratório da Direcção-Geral de Geologia e Minas e com o apoio nos mais recentes trabalhos de investigadores metalúrgicos, o autor aborda, com intenção generalista, a temática da valorização de sulfuretos maciços polimetálicos.Percorrendo as diferentes operações conducentes à extracção das substâncias úteis dos minérios foca-se, além disso, os seus propósitos, vantagens e inconvenientes.

Enquadrados neste contexto, os minérios portugueses do Alentejo são objecto de especial atenção no que concerne à sua valorização.

Contacto

Email: venda.publicacoes@lneg.pt
Telefone: + 351 210 924 635


 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com