Ir para conteúdo
PT LOGIN LOGIN
projeto-circo-hub-portugal-o-desafio-continua

Projeto CIRCO Hub Portugal – o desafio continua


Projeto CIRCO Hub Portugal – o desafio continua
alarmData de Publicação: 13 dezembro, 2021
Categoria: Noticias Nacionais

Terminou no passado dia 07 de dezembro o 2º Track de design de negócios circulares no âmbito do CIRCO Hub Portugal. Mais 8 empresas nacionais tiveram a oportunidade de aplicar a metodologia CIRCO ao desenvolvimento de modelos de negócio e produtos mais circulares, com planos de implementação definidos para os próximos anos.

Neste Track participaram empresas de vários setores: do mobiliário, a Fenabel, a Nautilus e a Thomas; a Ondagrafe da indústria gráfica; a Pavnext de I&D; a S. Roque e a Twistop, fabricantes de máquinas respetivamente para indústria têxtil e a indústria alimentar e a Veiga e Barbosa, de joalharia.

Ao longo das sessões de trabalho houve vários momentos de partilha entre as empresas, o que potenciou sinergias e colaboração entre setores assim como experiência entre micro e grandes empresas. Com o base nos seus produtos e/ou serviços e nas suas cadeias de valor, as empresas aplicaram a metodologia e desenvolveram os seus modelos de negócio, tendo resultado um conjunto de ideias com um elevado potencial de aplicação a curto/médio prazo. Das abordagens desenvolvidas, destacam-se a melhoria dos modelos de negócio e design de produto através da combinação da oferta de produtos com maior tempo de vida, a retoma de produtos para novas utilizações ou para o seu recondicionamento, o design modular e o recurso a tecnologias digitais para monitorizar o desempenho dos produtos em fase de utilização, combinando economia circular e indústria 4.0.

Ficou mais uma vez demonstrado que a metodologia CIRCO pode ser aplicada a qualquer tipo de empresa, desde que seja fabricante e responsável pelo design dos seus produtos e serviços e, principalmente, esteja motivada para apostar na inovação e desenvolvimento orientados por objetivos de sustentabilidade e circularidade.

Este Track foi o primeiro completamente realizado em português, desenvolvido e ministrado por facilitadores nacionais, que foram apoiados e avaliados por Cleo de Brabander, formadora CIRCO Internacional. Foi assim concedido, no final do Track, o certificado de formadores CIRCO a Cristina Sousa Rocha, David Camocho e Jorge Alexandre.

Em 2022 o desafio irá continuar, com a realização de mais 8 Tracks de design de negócios circulares, 4 sessões para designers, diversas iniciativas de disseminação e a certificação CIRCO de mais um conjunto de formadores portugueses.

Acompanhe todos os desenvolvimentos e junte-se a nós neste desafio em www.circohubportugal.lneg.pt