Ir para conteúdo
PT EN LOGIN LOGIN
relatorio-lneg-potenciais-tecnicos-de-energia-renovavel-em-portugal

Relatório LNEG Potenciais Técnicos de Energia Renovável em Portugal


Relatório LNEG Potenciais Técnicos de Energia Renovável em Portugal
alarmData de Publicação: 25 Julho, 2023Categoria: Investigação , Notícias Nacionais


Está disponível online o relatório do LNEG que apresenta os potenciais técnicos de energia renovável em Portugal para as tecnologias eólico onshore e offshore, solar fotovoltaico (PV) centralizado e descentralizado, solar de concentração, solar térmico e bioenergia. Apresenta-se ainda o potencial do recurso energético de energia primária a partir das ondas. Pretende-se contribuir para o apoio à política pública, bem como para a tomada de decisão pelos vários agentes (públicos e privados) na sociedade portuguesa nos temas de energia, transição energética e mitigação de emissões de GEE.

O estudo identifica a geração de energia tecnicamente viável alcançável a partir de uma tecnologia específica, tendo em conta o recurso de energia primária disponível e as limitações geográficas, ambientais e de uso do solo. Não se apresenta o potencial económico de energia renovável, que representa a fração do potencial técnico economicamente viável. Também não se focam aqui os potenciais de mercado que refletem a capacidade e a geração de energia que efetivamente o mercado consegue implementar.

O potencial técnico inclui a capacidade total atualmente instalada no país. Os valores apresentados são dinâmicos, dada a incerteza substancial associada à estimativa. São estimados maioritariamente para Portugal continental, na maioria dos casos com desagregação espacial pelo menos para NUTII e por vezes até à freguesia e/ou tipo de edifício.

Estimam-se os seguintes potencial técnicos:

– solar PV descentralizado em áreas artificializadas com 23,33 GW que poderá gerar até 36,84 TWh/ano de eletricidade;

– solar PV centralizado entre os 168,82 GW e os 45,63 GW, sendo que o limiar máximo de capacidade instalada poderá gerar até 278,11 TWh/ano;

–  solar de concentração (CSP) com 62,6 GW com um potencial de produção elétrica de 183,61 TWh/ano;

–  eólica onshore com 15,7 GW podendo vir a gerar 37,13 TWh/ano;

–  eólica offshore com 36 GW eólica offshore flutuante e 2 GW para a tecnologia fixa que poderá vir a gerar até 126,14 TWh/ano (offshore flutuante) ou 6,31 TWh/ano (offshore fixa).

– solar térmica com 0,95 GWt e geração de calor de 0,95 TWh/ano para os edifícios de serviços, 7,26 GWt e 5,84 TWh/ano para edifícios residenciais e 1,06 GWt  e 1,15 TWh/ano para aplicações industriais até 160 ºC.

O relatório (em Português) está disponível aqui: Sofia G. Simões, Teresa Simões, Juliana Barbosa, Carlos Rodrigues, Pedro Azevedo, João P. Cardoso, Jorge Facão, Paula A. Costa, Paulo Justino, Francisco Gírio, Alberto Reis, Paula C. Passarinho, Luís Duarte, Patrícia Moura, Mariana Abreu, Ana Estanqueiro, António Couto, Paula Oliveira, Lídia Quental, Pedro Patinha, Justina Catarino, Ana Picado (2023) Estimativa de potenciais técnicos de energia renovável em Portugal. pp. 112. LNEG: Relatório Técnico, julho 2023, Amadora, Portugal. Disponível: http://hdl.handle.net/10400.9/4077

Aqui está disponível uma curta apresentação com os principais resultados: https://www.lneg.pt/wp-content/uploads/2023/07/Apresentacoes_LNEGPotenciaisTecnicos13julho2023.pdf